Vídeo porno amador esposa peitudas comendo esposa vagabunda do esposo com força – pr

visualizações

48 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

48 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Vídeo porno amador esposa peitudas comendo esposa vagabunda do esposo com força – pr

Vídeo porno amador esposa peitudas comendo esposa vagabunda do esposo com força – pr

GOSTAVA DE FARRA E NÃO DAVA A ATENÇÃO DEVIDA A SUA ESPOSA.

Minha irmã foi tomar banho antes de entrar no chuveiro doidona falou para meu marido assim: sei que não está armado pq não gosta de ficar a pé com arma tenho facas na qualquer coisas pega lá ela foi tomar banho eu fiquei ali com ele como não estava com nada na cabeça não falei nada com meu marido, até porque, por mas que na cama falávamos muito nela como ela tivesse ali junto com a gente ou ela sozinha com ele essas coisas, a gente não tinha muito intimidade ela não me achava muito atraente até pq eu em casa ficava toda jogada andava pelada, nunca nem brincamos de beijinhos essas coisas sozinha,, eu já diferente dela achava ela linda nem ligava que era minha irmã acho q não tem nada haver ela era um tesão mesmo com toda sua brutalidade que ela era bruta, andava meu sem jeito mas não ligava eu conseguia achar algo mas nela, ela tinha curiosidades como quase toda mulher tem em sair com outra mulher ou uma mulher e um homem normal sem contar que liamos e reliamos a Trilogia Crosfire , 50 tons de Cinza e peça me o que quiser que alias recomendo.

Começei a fazer mais rapido , e o cu dela estava parecendo o dos videos ( O ) dando pra ver que o cu ja estava bem aberto e ja acostumado a rolaEle me pegou de jeito dessa vez e chupou meus seios como quis, não consegui segurá-lo.

uiiiiiii, e voltava a chupar, nao demorou e luiz gozou na minha boca… hummm que delícia…ahhhh e eu engoli tudo e o marcio vendo aquilo começou a me foder com força e violencia cada vez mais rápido e bufando como um louco encheu meu reto de porra, ahhh foi a coisa mais boa que já me aconteceu, entao me limpei, e fui embora dizendo que voltaria no outro dia, … e eles disseram.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

A algum tempo a trás eu tive contato com os contos eróticos, achei aquilo um absurdo, mentiras, fantasias, jamais acreditaria que um homem deixaria sua mulher dar para outro homem, eu não sou santo não, costumo dar as minhas puladinhas, e ate não achava justo eu ter outros conhecimentos, conhecendo outras pessoas e minha esposa ficar limitada a mim, mas também não achava certo eu deixar ela transar com outro homem e ainda na minha frente, mais pensava, eu jogava bola, no vestiário eu via os amigos nus cada rolão, e a minha pequena, eu tenho 14 cm só de rola, eu ficava imaginando aquelas rolas entrando na boceta dela, nossa e o pior que me dava tesão, aquilo não sai da minha cabeça, comecei então na hora de fazer amor com ela eu chama-la de puta, vagabunda, safada, no começo ela achou um pouco estranho mais depois começou também sentir prazer em eu chama-la de puta, mas eu não tinha coragem, de tocar no assunto com ela, nem que fosse só para saber a opin ião dela a respeito,o tempo foi passando.

depois disso ela tomou um banho e voltou a fazer o serviço, eu também tomei um banho eu fui pro computador, quando ela terminou eu paguei o dobro da preço normal da faxina, ela olhou pra mim e agradeceu, e não disse mais nada, pedi que ela passasse a vir duas vezes por semana, já que minha esposa só está em casa nos fins de semana, ela agradeceu e disse que ia se esforçar pra eu não me arrepender. Encaminhei cuidadosamente o assunto na direção que me favorecesse e logo estávamos apreciando vídeos de cunho profundamente pornográfico. "Bom n sou como essas mulheres descritas aqui sou braquinha cabelos loiros um pouco cheinha bunbum grande, o que vou contar aqui eu sou casada com um negao , sabe amo meu marido mais sempre tive fetiche por mulheres , a prima dele veio passar o carnaval aki com a gente ela é uma morena linda com seios grandes, com a bunda linda nossa quando vi ela ja fiquei ate com tesão, na segunda de carnaval meu esposo foi trabalhar e eu fiquei sosinha com ela ela estava deitada no quarto ao lado me masturbei pensando nela ate q criei coragem de ir la no quarto q ela estava, ela estava so com uma blusinha branca q dava pra ver tudo eu pedi para deitar lá e ela deixou eu deitei e fiquei passando minhas pernas nela e ela achou estranho mais n perguntou nada ai resolvi pedi para chupar ela e ela disse q eu podia só um pouquinho, mais quando comecei ela começou a gemer bem alto ai eu aumentei a velocidade com a minha língua e chupei ela todinha, ela me beijou e falou agora e minha vez me chupou todinha e fez eu gozar no se beijamos e ficamos deitas ali , agora nunca mais fisemos isso mais eu ja estou doida pra fazer de novoFiquei tão feliz que nem dormi direito, avisei ao Rezende que a reunião da igreja levaria o dia inteiro e que ele não me ligasse para não interromper o ciclo de palestras.