Video amador fora do normal bucetuda peitudinha batendo uma siririca para namorado puteiro em joÃo pessoa paraÍba

4 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: ,

Video amador fora do normal bucetuda peitudinha batendo uma siririca para namorado puteiro em joÃo pessoa paraÍba

Video amador fora do normal bucetuda peitudinha batendo uma siririca para namorado puteiro em joÃo pessoa paraÍba

que estava possuido tamanha era a violência que ele metia aquele pau emAMIGA EXIBICIONISTAem mim e completamente nua me jogou no chão, me apoiou com o peito na camaQuando já tínhamos jantado e estávamos indo para a putaria o interfone tocou, era minha mãe que veio fazer uma visita, ficamos todos revoltados e ela não ia embora nem por reza brava, e de repente o tempo virou, e caiu uma baita de uma chuva, ela então ligou para minha casa e avisou que iria dormir por lá. Conhecemos a 02 anos um casal da Paraíba, na faixa dos 40 que mudaram para nossa cidade ficaram nossos amigos.

– Não sei se sobrevivo outra surra de pica desse naipe…– Te machuquei, bebê?– Não – balançou a cabeça, me olhando – Quando passar o efeito da foda vou ficar dolorida, mas de um modo bom, normal. – Isabel arregalou os olhos, baixou a cabeça e respirou fundo-Olha, de fato eu gravei um vídeo com o Diego, Mas…-Mas… Não acredito que tu fez isso. No início da noite,resolvi sair e,como fazia calor,vesti uma camiseta,bermuda de sarja e chinelos pois gosto de sair bem a vontade,fui até um puteiro,logo apareceu uma linda morena,cabelos lisos pretos,1,70 cm mais ou menos,seios e bundas redondinhas,cintura fina,corpo perfeito,aparentava ter uns 23 anos,me aproximei e ela logo perguntou:E ai gato,vamos nos divertir juntos?.

Amanda, excitadíssima com o que via, tirou a roupa e juntou-se aos dois, esfregando seu corpo no do namorado, beijando a bunda da irmã… ninguém conseguia entender como aquilo estava acontecendo, mas estava e era bom demais, nunca tinham pensado nisso!Iracema não demorou a gozar, do que se aproveitou Amanda para também transar. Enquanto chupava Carlos, senti meu rabo ser invadido pelo grosso Joao com extrema maestria.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Depois eu sentei no pau do Durval e o Olímpio ficou sentado do meu lado, me beijando e batendo uma punhetinha. Uma lambida no cu me compra no ato…em poucos segundos senti seu pau entrando devagar no meu cu a dentro…cara, que sensação boa! Sentia uns arrepios a cada estocada, o tiozinho mandava muito bem…Várias pessoas assistiam de perto a cena, eu ficava com mais tesão ainda. "Depois que contei como foi minha primeira siririca, hoje vou narrar como peguei pela primeira vez em um pau.