Punheta guiada da novinha gostosa de Indaiatuba

15 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

15 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Punheta guiada da novinha gostosa de Indaiatuba

Punheta guiada da novinha gostosa de Indaiatuba

– Minha priquitinha presa,querendo uma rola. Ele respira fundo e solta “Puta merda…”. Primeiro chupei aquele cuzinho com tanto gosto e vontade que quebrei todas as resistências dela.

Mariangela desabou na cama e expulsou muito gozo pela xaninha como se urinando toda. Ela aceitou e entraram na primeira cabine livre. Pra recuperar falei pra virar de frente,ela gemeu gostoso enquanto eu mudava o ritmo nas bombadas,colocou o dedo no grelo e siriricou gostoso, me apertou contudo e gozou!Deixei ela deitada e fiquei em pé de frente, a chupeta foi tão gostosa que gozei muito, na boca,rosto,cabelo e etc. Teve um momento que pedi para ele tirar, pois estava doendo muito, mas ele apenas disse.

rnSenti que minhas preocupações começavam a desaparecer e então resolvi entrar no joguinho de sedução que me pareceu ser melhor e mais vantajoso e disse toda safada:rn-nossa…meu sogro…o Sr. "Estava quase tendo outro orgasmo quando ele começou a urrar, falando que iria gozar, que iria encher minha rata de porra.

Dei outro tapa na bunda vermelha da novinha e comecei a lamber o cuzinho rosa. Ela falou para todos irmos, mas Edinha falou que estava com dor de cabeça e cansada. Nesse momento,o Djalma começou a punhetar o pau pra se excitar mais e começar a sair baba;o pau do cara parecia que ele tava mijando de tanta baba;olhamos uns para os outros e o Anderson se aproximou e o Djalma melou bem o dedo e passou nos lábios do Anderson e vimos a baba brilhando nos lábios dele,foi quando notei que ele não se limpou mas sim lambeu os lábios.

Mas enquanto ela quiser ficar de bruços para mim e pedir para eu me esfregar nela, vou.

Eu já havia ouvido que em um outro prédio, por ser alto demais, havia algumas salas nos últimos andares que as pessoas iam para transarem, eu sugeri e me deixei ser guiada pela mão por ela, esperando que não fosse perigoso e não tivesse ninguém por lá.