Namorada Safada Gozando nos Dedinhos enquanto Bato uma Siririca

Namorada Safada Gozando nos Dedinhos enquanto Bato uma Siririca

Namorada Safada Gozando nos Dedinhos enquanto Bato uma Siririca

Domingo de manhã,… lá to eu denovo, peladaço de botas e chapeu, botei a ração, lubrifiquei bem a bucetinha, bati uma siririca, pra deixar ela bem estimulada e de cauda erguida, esqueci de dizer meu pau e a buceta dela ficavam na mesma altura, lambuzei o cacete de gel que nessa hora estava duraço, pincelei a racha varias vezes, ajeitei na entrada da bucetinha, fui empurrando e o cabeçudo foi entrando abrindo caminho bem devagar, entrou a metade facil, fiz um vai e vem gostoso, pra deixar ela com bastante tesão, tirava até na entrada e enfiava denovo, sentia ela fazer contraçao com os musculos em volta do pau, segurei a bunda dela com as duas mãos pra ela não sair pros lados, e fui enfiando o pau devagar, ela sentiu a pressão do meu cacete querendo entrar no cabaço , ela arcou as costas pra cima fazendo o mesmo movimento que faz quando vai urinar, e eu acompanhei o movimento fazendo pressão grudado nela, ficou parada e eu tambem, com o pau na porta do cabaço querendo entrar, ela contraia os musculos vaginais e quando soltava o pau entrava um pouquinho, foi fazendo isso, e empurrando a bunda pra tras, bem devagar de encontro ao meu cacete, que foi entrando centrimetro por centrimetro até entarr todo , meu pau latejava de tesão, sentindo os musculos se contrairem em volta dele, da cabeça ao talo aquela pressão gostosa, cara que delicia que é , puxei o pau até o anel e deixei ela contrair aquele musculo bem na cabeça do pau, foi demaissssss,Como ela estava bem calma , fui fazendo um vai e vem lentamente com o pau todo atolado naquele cabaço gostoso, naquela bucetinha quente e macia, apertada e suave ao mesmo tempo, parei mais um pouco pra sentir as contrações,… é uma delicia, ficava olhando meu pau todo enterrado nela….

Ele se deslocou ate um motel sem me avisar, so percebi quando chegamos la, entramos estacionamos, e fomos ate a suite, que por sinal era de luxo, entramos nos agarrando, ele me joga na cama e começa a beijar os meus pés, chupou meus dedinhos, veio beijando e subindo passando a lingua na minha coxa, ate chegar na minha bocetinha molhada e cheia de tesão, ele caiu de lingua, e como sabia o que estava fazendo, me chupou todinha por uns 10 minutos ate eu atingir o meu primeiro gozo, gozei bem gostoso na boca dele, minhas pernas ficaram tremulas, ele beijou a minha barriga os meus seios, e pincelou a cabeça do seu penis na entrada da minha boceta.

Posso dizer que foi tenso demais mas acho que vou querer repetir a dose e gozar junto com ele! Quem sabe ele não se solta mais e me deixa desvirginar seu rabinho!Gabriel estava ainda mais pirado, o cu apertado da namorada parecia estar mais fechado ainda do que da última vez, sentiu ele sangrar no seu pau enquanto o esganava, sabia que Isabela estava chorando então não se moveu. fode essa tua puta…Quero ser tua puta !!!Aumentei os movimentos e as chupadas…Batia nas suas nádegas…ela gemia alto, dizendo: …Quero o pau, quero chupaarrr…adoro chuparrr… ela explodiu, gozando sem parar…tirei a boca, fiqui em pé e ela abocanhou o pau…fez entrar tanto, que senti a sua garganta…meus dedos continuavam fodendo a bucetinha dela, sentindo a quentura e o tremor dos músculos…o pau todo molhado entrava e saía da sua boca…Não aguentei e antes de explodir, tirei o pau…ela com as duas mãos, segurava entre os seios, me masturbando…meus dedos continuavam a invadir a bucetinha toda molhada…gozei jatos e jatos de leite quente entre os seios e nos mamilos endurecidos…Ela espalhou o líquido pelos seios…e com uma tesao dominadora, me agarrou pelos cabelos, fazendo chupar os mamilos durinhos e esfregando minha boca pelos seios molhados, gozando novamente. – AAAAAAAAAAAAAI GOSTOSO, TA ME RASGANDO, PARA POR FAVOR, NAO PARA, METE MAIS FUNDO, ISSO ME DA ROLA VAI DA ROLA NESSA SUA PUTINHA DA AAAAAAAAAAAAAAAH DEIXA EU MELA SEU PAU AMOR DEIXA? QUERO GOZA GOSTOSO NELE AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH(continuação de COMO VIREI CADELA IV)galera esse conto aconteceu antes do suruba e depois do transei com minha mae esqueci de mencionar um fato de que minha mae tinha chegado depois de uma saída com uns amigos e devia ter bebido provavelmente por isso ela me pediu aquela massagem aquele dia no outro dia minha mae não lembrava de nada fiquei chateado porque queria comer muito mais ela eu dava umas indiretas mas ela não percebia fiquei sem opções depois de uns meses minha mae queria ir a pe comigo para escola pq queria melhorar o corpo sempre me perguntava como minha mae conseguia ficar tao gostosa já que não fazia nada me impressionei quando eu vi minha mae para andar com ela ela tava simplesmente uma delicia ela tava com uma calça de academia e com uma camisa meio curta a bunda dela ficava espetacular naquela calça quando saímos do apartamento ela se abaixou pra amarrar o tênis e vi que a calcinha dela tava aparecendo tava bem enfiado no cu daquela safada eu queria muito pegar naquela bunda mas tinha receio depois de uns três dias assim nos saímos e eu notei que não tava com a calcinha aparecendo logo deduzi que ela tava sem calcinha enta tomei coragem e perguntei se ela tava sem calcinha ela disse que sim mas depois perguntou se eu tava prestando atenção na bunda dela eu gelei quando ela fez essa pergunta mas tomei coragem dei um tapa na bunda dela coloquei minha pika bem no eio daquela calça dela e falei não tem como não prestar atenção nessa bunda maravilhosa ela perguntou se eu queria comer a bunda da mae pela primeira vez ela devia ta indo pegar a chave pra gente voltar pra casa e transar mas eu coloquei ela tipo num quadradao um pouco fundo mas se alguém aparecesse ia ver na hora e como tava muito cedo não tinha ninguém então eu tirei aquela so a parte da bunda da calça dela e ver aquela bunda de novo me deu um tesao incontrolável então comecei a chupar aquela bunda e dava tapas na bunda dela ela se contorcia toda de tanto prazer então sem do enfiei minha pika no cu dela tapei a boca dela pra ela não gritar e alguém poder ver quem talvez visse de longe pensaria q e um estupro eu sabia que não podia demorar muito pois tinha escola então provoquei ela pra gozar rápido peguei nos peitos dela bati na bunda dela fazendo ela gozar depois gozei também ela e eu fomos pra escola ela tava cambaleando por causa da foda depois desse dia ela não se esqueceu como da primeira vezMe pegou pelo colo e deitou na cama, levantando minhas pernas num franguinho assado. Chegando a noite a galera saiu pra saquarema e la zoamos muito, e eu sempr pertinho dela, conversando , trocando umas ideias ,até no momento que o pessoal sibiu no trio eletrico e ficou so eu e ela la embaixo, nos estavamos cansados e sentamos numa esquina de rua enquanto o pessoal se divertia no trio, começamos a conversar de novo, e ela contando dos namorados dela e eu das minhas, até um momento que eu olhei pro rosto dela e comecei a alisar ela na face, ela recebeu com carinho e fui chegando perto até tascar um beijo nela, passando essa fase, as portas estavam abertas pra futuras investidas, que nao iriam demorar muito.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (197 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...