Esposa Novinha Infiel tomando no Cuzinho Casada Gozando e Gemendo no pau do Amante Casada Rebolando na rola do namorado Sexo Anal com Novinha de Vitoria da conquista BA

Esposa Novinha Infiel tomando no Cuzinho Casada Gozando e Gemendo no pau do Amante Casada Rebolando na rola do namorado Sexo Anal com Novinha de Vitoria da conquista BA

Esposa Novinha Infiel tomando no Cuzinho Casada Gozando e Gemendo no pau do Amante Casada Rebolando na rola do namorado Sexo Anal com Novinha de Vitoria da conquista BA

Até os 18 anos eu ainda era virgem e não tinha namorados, tinha paqueras rápidas com os meninos do condominio que sempre acabavam resultando em cintadas para mim, meu corpo também ainda não era ainda muito desenvolvido, mas dos dezoito aos dezenove anos minhas formas deram um salto de repente, passei de menina magrela para novinha gostosa, foi quando meus maiores problemas começaram com os rapazes loucos para me comer e o papai fazendo guarda feroz!Naquela época notei uma mudança radical em papai, qualquer reclamação ou suspeita da mamãe ele me castigava de um jeito diferente agora. Mas a conversa logo passou a ser o seu namorado, que eu não conhecia e era um pouca coisa mais velho que ela.

Fui então até a escola,e depois até o trabalho da minha esposa. Pedi a ela que pegasse vinho na geladeira, ela levantou vagarosamente abrindo bem as pernas, aquilo deve ter dado um tesão enorme nela também, ao levantar da cadeira, sua camiseta subiu e sua bunda nua ficou temporariamente exposta, ela baixou vagarosamente enquanto andava rebolando até a geladeira.

E o que amo nisso tudo é fazer o meu corninho excitado, na verdade o que gosto nisso tudo é saber que os machos com quem transo ficam doidos, principalmente sabendo que sou casada, parece que isso é afrodisíaco para vocês.

Descobri há pouco que o meu marido me era infiel.

Ate hj somos amantes mais as outras aventuras conto nos próximos contos. Na cabeça de cada um havia uma Victória diferente, ou uma vitória diferente. Não podia acreditar minha própria mãe, de quatro, gemendo e rebolando em minha piroca enquanto chupava seu sobrinho. "– É exatamente o que eu preciso, porra, quente, leite, na cara, no rosto, onde você quiser!Isso sempre foi assim, sempre demonstrando respeito e carinho, um pelo outro, nós somos acostumados a sairmos juntos, sozinhos ou acompanhados é festinhas, baladas ou barzinho e foi num final de semana, quando fomos sozinhos pra casa de campo na chácara do papai, lá tinha uma piscina enorme e como eu não gosto muito de piscina, coloquei o meu biquíni e fiquei tomando sol, para me bronzear, meu irmão estava mergulhando e eu fiquei olhando pra ele e sentindo muito desejo. Eu gozando na cara dele ele resolveu parar me pegou de jeito e me virou de costa e meteu no meu Cu que fez até alma latejar.

Enfiei também no meu cuzinho, para alargar ele para o dia em que foi rebolar bem gostoso no caralho daquele safado. Um mês depois ela foi na minha casa me convidar para tal gangbang, me reusei na hora disse que era casada e que amava meu marido, ela fi insistindo falando que era só para eu ir ver que se não quisesse transar não seria obrigada, fiquei de pensar.

A mãe dele se virou pra mim e perguntou e você gabriel , vai ?"Tenho uma vizinha novinha, prestes a fazer 18 anos!Essa menina tem sido o tormento do meu dia a dia!Sou um cara casado, e minha esposa é amiga dela, de vez em quando ela entra lá em casa, aí é que aumenta minha apreensão.

Ele encosta a cabecinha no meu rabo e começa a enfiar, fazia um tempo que eu não dava, mas no tesao que eu estava, só fui sentindo aquele cacete grosso entrando e arregaçando meu cuzinho…Mas não; foram só imaginações que me induziram a conquista-lo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (183 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...