Deixou o amigo comer a buceta da namorada

404 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

404 visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Deixou o amigo comer a buceta da namorada

Deixou o amigo comer a buceta da namorada

Ela sempre usou shortinhos curtos amostrando a polpa da bunda, os shorts eram largos dava pra ver sua calcinha, que por sinal eram só pequenas, mostrando a sua buceta, que era bem depiladinha, lisinhaEla sabia disso, mas adorava ver os homens olhando ela, e desejando a chupar, isso a deixava ainda com mais tesao.

Quando dei por mim o amigo grandão me pegou por trás nossa minha bunda sentiu aquele negócio grande dentro dos shorts me esfregar, me arrastaram para o quarto, Luiz subiu na cama ficou de joelhos com o pau para fora, cacete de tamanho normal mais grosso, mais grosso do que o do meu marido, eu subi engatinhando e cai de boca chupando sem parar e naquele momento lembrei dos filmes pornôs que eu assistia com Pedro, hummm, quando dei conta e olhei para traz senti uma língua maravilhosa me chupando próximo ao meu cuzinho, continuei chupando Luiz um certo tempo, até que eles trocaram de lugar, o Luiz foi me chupar e então veio o amigo, o Júlio, nossa senhora, só tinha visto uma pica grande e grossa assim só em filmes pornô e mesmo assim achava que era alguma montagem, mais estava ali na minha frente um cacete enorme e grosso nossa muito grosso, negro da cabaçona roxa escuro, mau entrava na minha boca, peguei com as duas mãos e fique ali deslizando a língua nele todinho, e peguei nas bolas eram imensas um sacão danado, me viraram de barriga para cima e então me assustei bastante pois ao olhar para a porta vi Pedro meu marido que havia entrado porque ele tinhas as chaves e eu não tinha escutado nada, em pé na porta do quarto com o pau para fora batendo uma punheta e nos olhando, mas acho que os dois já sabiam que ele estava ali olhando, pois continuaram como se nada estivesse acontecido, ai eu levantei com a boca cheia de gosto daquela pica enorme que estava chupando e lasquei um beijo de língua em Pedro que na mesma hora me beijou intensamente eu parei e disse em seu ouvido está gostando da sua nova putinha, ele disse baixinho também, estou adorando, era a minha confirmação do que eu havia imaginado mesmo, puxei ele pelo cacete para participar da brincadeira também. Cada um de nós deixou claro aos outros suas opinões e gostos. Eu vou socar o consolo no meu cuzinho, que já está laceado… tá?– Isso mesmo… enfia o vibrador no seu rabo pra não perder o laceio… Amanhã vai levar rola…Acordei e era o dia marcado, tomei só suco no café da manhã no hotel e fui ao comércio comprar uma lente de contacto colorida, um litro de Jack Daniels, uns cremes e um perfume bem marcante… Nem almocei pois não queria estragar aquela foda deliciosa que se desenhava para logo mais… no meio da tarde saí do hotel já com todos os “apetrechos” em uma sacola e fui a uma cabeleireira que eu havia marcado de manhã, com a desculpa que teria uma festa a fantasia e eu iria vestido de mulher gato… Ela arrumou a peruca na minha cabeça, fez uma maquiagem bem forte, com muita sombra nos olhos, cílios postiços e colocou unhas postiças, fez meu pé e pintou as unhas todas de vermelho, saí de lá igualzinha a uma mulher.

– “Para rolar um anelzinho, tem que ter uma transa antes, pintar um clima, entende… não é assim, pá-pum!”Marcos ignorou o charme da namorada, excitadíssimo com a idéia.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (32 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...