Dando Para O Jagador Mega Dotado Depois Da Partida De Futebol

visualizações

42 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Dando Para O Jagador Mega Dotado Depois Da Partida De Futebol

Dando Para O Jagador Mega Dotado Depois Da Partida De Futebol

Amo quando vcs socam com tudo lá no fundo da buceta ou do meu cú.

Depois do orgasmo quis ir alem, pedi pra ele comer meu cuzinho, ele ficou ainda mais louco, chupou meu cu com muita vontade,deixou bem molhadinho e colocou o pau bem devagar,com muita paciência,esperou eu me “acostumar’’ e começou com os movimentos lentos e firmes,ficamos assim poucos instantes,sou acostumada com sexo anal,pedi pra ele socar forte,ele atendeu imediatamente,metia cada vez mais forte, batia na minha bunda,puxava meu cabelo,me xingava de puta,vadia eu estava me sentindo uma verdadeira puta.

Como ela queria fazer topless, afastou-se um pouco da pousada, aí tirou o sutiã e ficou tomando sol. Então confirmei o que eu tinha notado, mas tudo bem casal sabe como é ninguém é perfeito. Chegamos na birosca e pra não dar na pinta armamos o esquema de rodizio de da o cu, ficavam um viadinho e um peão jogando, determinávamos um período de 20 a 30 min por partida pra da tempo de um peão comer um viadinho.

– Roque, você não está me incomodando.

Ela estava lá novamente, tímida e carinhosa, só para mim.

Tenho 1,85 m, corpo forte, musculoso (de jogar futebol), cabelos pretos bem aparados, cavanhaque curtinho, mãos grandes, pernas e peito peludos. Afastei-o para o lado e enfiei minha rola naquela buceta melada, ela gritava desesperada, por mais que eu pedisse silêncio para não acordar as crianças, ela não conseguia se controlar, foi quando num puxão ela aproximou o cachorro de si e enfiou a rola dela na boca, cheguei a ficar com inveja, tamanho a volúpia com que ela chupava aquele cacete, o cachorro era pequeno, mas bem dotado, de repente, jatos de porra pingavam da cabeça inchada do cacete do cachorro, não resisti e esporrei dentro daquela buceta sedenta e maravilhosa. Para retribuir a gentileza Jane me convidou para tomar uma bebida num bar próximo ao apartamento dela no Leblon, é claro que era apenas uma desculpa para se encontrar comigo e dessa forma conseguir o que queria, sexo casual, obviamente eu aceitei o convite, já sabendo, por experiências anteriores, que depois de tomarmos alguns drinks acabaríamos na casa dela transando a noite toda, mas, eis que no fundo ouve-se uma voz masculina perguntando:Sai para trabalhar com uma expectativa louca e sem poder me concentrar, a todo momento imaginava se estava rolando algo.