Corno oferecendo sua esposa esposa bunduda

1 min 22 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

1 min 22 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Corno oferecendo sua esposa esposa bunduda

Corno oferecendo sua esposa esposa bunduda

estamos juntos a cinco anos e nunca nos cansamos de fazer amor. Suado, babado, a roupa amassada, tossindo, lacrimejando, constrangido e sem saber o que fazer. Eu já estava lá entretida em conversas com caras querendo isso ou aquilo, quando me chamou a atenção um nick que entrara na sala – NegãoGG PR – Tenho uma queda por negros principalmente pela óbvia diferença de tamanho de seus dotes… rs… Eu estava logada como CdBunduda GG –Passaram-se 10 segundos e ele me chamou no chat:– Boa noite BB, adoro um rabão…Senti de imediato um frio na barriga… Respondi sem hesitar:– Olá safado. Nisso abaixei e comecei a chupar o consolo que de tão Grosso não cabia na boca direito.

O cara que entrou saiu rápido então voltei para perto do cara e ele já foi oferecendo seu pau grosso cabeçudo e duro de 16cm, pela minha avaliação.

E senti meu tio ja dando um sorriso incomodado com a troca de elogios… bom foi uma viagem tranquila de uma hora e meia desde Orlando até Ocala, conversando muito com meu tio para disfarçar os meus pensamentos, começando ja a imaginar o corpasso que estaria por baixo daquele vestidinho que a Safira usava… nome ficticio….

-É o que você quer vadia? – Perguntou enchendo o rabo da esposa de tapas. "Tenho “18 anos” hoje em diaUma noite ele veio com o seu notebook e me mostrou sites e blogs sobre os caras que fantasiavam serem cornos, como este aqui em que publico minha história e vi que isso é bem comum, apesar de achar esquisito: concordar em dar a esposa para outro homem, assistir tudo e ainda gostar disso…afinal, eles ainda amam suas esposas ?Ele ficou doidinho, de pau duro e que surpresa, o cara era um jumento discreto……. Bjs gatinhos e gatinhas…"Conheci minha esposa quando formei em medicina e fui trabalhar num posto de saúde no interior de SP. Quando eu tava imaginando onde a gente ia conseguir trepar ela me chamou pro ap dela, falou que tava sozinha e que a gente ia podia assistir um filme, conversar com mais calma.