Amigo comendo a esposa e o corno filmando (26

46 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

visualizações

46 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Amigo comendo a esposa e o corno filmando (26

Amigo comendo a esposa e o corno filmando (26

Pouco depois, ficou por trás de mim, sobre minha cabeça, filmando minha ação no traseiro de Sandra. Já fez isso duas vezes e na última pedi para ele pegar o pintão com a mão e por em mim devagarzinho, nossa vc mulheres e cornos não sabem o que é isso de tesão.

Então A Fabiana falou que minha esposa era uma mulher de sorte pois por lá muitas mulheres reclamavam dos maridos e namorados. O Eduardo percebeu e tratou de mandar logo o liquido que entrou em mim queimando como fogo, e minha bunda ficou mais do que dolorida, ele estava muito excitado e acabou com a injeção e tirou aquele pinto enorme carrancando de vez minha calcinha e me comendo ali mesmo, foi maravilhoso, depois ele me colou por cima dele e sem sair de dentro de mim, enfiou novamente aquela injeção agora com mais força, meu grito foi contido pela língua dele, me dando um beijo ardente.

Conversando com ele percebi que não tirava os olhos de mim nenhum momento! Media cada centímetro de mim, eu nem estava muito arrumada, estava de short preto jeans com uma bata também preta é um cinto estilo country, meu cabelo estava num coque alto e eu carregava uma mochila enorme!! O papo estava bom, relembramos a época da escola e cada vez que ele me media eu acabava reparando nele tbm, ele deve ter percebido que acabei retribuindo o flerte porque de repente me falou que tinha uma confissão a fazer, disse que na época da escola era louco pra ficar comigo, toda vez que me via imaginava beijando a minha boca… Fiquei meio sem graça e por sorte meu ônibus chegou, mas meu querido amigo resolveu me acompanhar… Disse que iria comigo e depois voltava no mesmo ônibus, ok, pensei, vamos ver no que dá isso… Ele era altão, branquelo e apesar de magro tinha pernas bem definidas, fortes, depois descobri que era porque ele praticava parkour, mas enfim, eu morava perto do ponto final, no caminho ele fazia carinho, me abraçava, começou a dar pequenos beijinhos na minha nuca, começava o jogo de sedução….