Amador – Tentando Comer O Cuzinho Apertado Do Peludo

Amador – Tentando Comer O Cuzinho Apertado Do Peludo

Amador – Tentando Comer O Cuzinho Apertado Do Peludo

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Depois de dizer isso agarrou meus seios e balançou eles, aquilo me deixou molhada de tesão mas eu logo me afastei e perguntei pra minha amiga se ela ia permitir aquilo e ela disse que era melhor em mim do que nela pois ela não aguentava mais aquilo, ai eu não aguentei e perguntei?Principalmente, quando surgirem seus seios, que serão alternadamente acariciados, beijados, sugados, apalpados e apertados, lógico, tudo carinhosamente.

Fiquei imaginando cm ele era, se era bonito, se era limpinho, se era lisinho ou peludo, o que eu torcia pra que não fosse o caso pois detesto pêlos.

…meu cuzinho já estava todo melado com a baba dele e aquela língua não parava de invadir meu rabo, até que senti uma pressão enorme e uma dor que nunca tinha sentido antes, não sabia o que era então tentei me virar pra ver e ele não deixou, continuou forçando e meu cu tava rasgando literalmente até que levei a minha mão para ver o que era e sabe o que eu peguei na entrada do meu cu? Peguei o punho dele, pq a mão tava toda dentro do meu rabo e ele forçando, delirei de tesao quando senti aquilo que a dor passou, comecei a rebolar na mão dele e meu pai começou a balançar, logo saiu muita baba dele e como eu tava de bruços no carro eu pude ver escorrendo aquele semen do meu pai, não cheguei a gozar mas tava quase, então ele tirou a mão de dentro e começou a bater na minha bunda, me chamar de gostoso, de cadelinha, de safado, me mordeu nas costas e orelha e meteu sem camisinha mesmo, com força e tesão, estava tomado pelo prazer, arranhava minhas costas, passava a mão, apertava minha bunda e eu pra provocar empinava bem e forçava contra o pau dele, ele gemia e uivava de tesão até que disse que ia gozar e perguntou onde eu queria, então eu pedi na boca, ele tirou de dentro e antes de eu começar a chupar peguei meu celular e liguei o flash pois estava noite e coloquei filmar e alcancei pra ele enquanto comecei a chupar aquele pau gostoso, lambi as bolas e passei a língua no cuzinho, ele gritou e disse que ia gozar, então eu chupei com vontade enquanto ele me filmava, jorrou porra na minha garganta que cheguei engasgar, tirei da boca e deixei derramar aquele leite grosso e cheiroso na minha barba e cara enquanto eu olhava pro celular com cara de safado, bati o pau na minha cara ate sair tudinho, muita porra, entrou ate no meu nariz.

Fui ao banheiro para ver como meu pai estava, mas a porta estava trancada podia ouvir que ele estava la dentro e achei por bem deixa lo um pouco so com seus pensamentos tentando digerir aquela situação. Após o boquete ele falou: “Agora vou te comer de quatro sua vadia safada” eu fiquei de quatro, ele puxou meu cabelo com força e socou seu pau na minha xoxota.