Sara fodeu com o negão no estacionamento da praia - 5 min

Categoria:

Tag: , , , ,

1175 visualizações

vote:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (89 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Entramos na água e como a praia era tranquila e não tinha ninguém demos uma fodida dentro d’Água.

Falei para ela deitar-se de bunda pra cima,me ajoelhei no sofá,enterrei o pinto na bucetinha dela e comecei a comer,fiquei  “grudado” nela segurando-a pela cintura por um tempo fazendo movimentos rápidos e ela gemia dizendo que eu fizesse dela o que bem quizesse até que me sentei no sofá e mandei ela se  abaixar,ficando de joelhos na minha frente,disse que iria gozar na sua boca e rosto,ela começou a me punhetar,eu já estava com meu saco dolorido,peguei no meu pau e terminei de bater até que comecei a gozar,sentia meus jatos de porra saindo voando na sua boca e naquela cara de vadia safada,ela me olhava com o rosto todo lambuzado dizendo que eu era um machão com cara de menino,eu estava satisfeito e relaxado. Eu obedeci na hora me virei,empinei meu rabinho pra ela e falei “me fode!” Foi aí que ela me fodeu mesmo,me deu um tapa gostoso no bumbum e me deu uma blusa pra morder porque eu ia querer gritar então eu só empinei mais um pouquinho e ela começou a lamber a minha racha lambusando a boca dela todinha porque neaaa altura do campeonato eu já estava encharcada,e ela foi colocando um dedo,dois dedos,e derrepente colocou bem devagarzinho um dedo no meu cú,aí que eu fdesmoronei mesmo e soltei aquela gozada maravilhosa.

Às 09:30 eu já estava no estacionamento, parecia que só eu estava ali, era muito cedo e o shopping abre as 11 da manhã.

-Isso Tia Angela, engole tudo, mama no negão tia, mama no namorado da sua sobrinha.

Ele, então, me recostou na cabeceira da cama, com vários travesseiros nas costas, e, ajoelhado com as pernas sob minhas axilas, começou a bombear aquela mamadeira gigante na minha boca. Era uma situação perigosa, mas quem queria interromper aquilo?Ali não havia opção de comida a não ser aquela.

ESTAMOS JUNTINHOS PARA NOS AQUECER, QUANDO PASSO A OBSERVAR MEU SALVADOR MOMENTÂNEO: MORENO, MAIS PRA MAGRO, OLHOS CASTANHOS…E PERCEBO QUE ELE ME OLHA COMO QUE ACOMPANHANDO MEUS PENSAMENTOS…COMEÇAMOS A SORRIR E ACABAMOS NUMA BELA GARGALHADA, QUE ECOOU NOITE AFORA NUM BREVE SILÊNCIO DOS ESTRONDOSOS TROVÕES…DISSEMOS NOSSOS NOMES, ENQUANTO NOSSOS ROSTOS SE APROXIMAVAM ATÉ O ENCONTRO DE NOSSOS LÁBIOS FRIOS…MAS TOCAMOS NOSSAS LÍNGUAS EM MOVIMENTOS SINUOSOS E NOSSA RESPIRAÇÃO SEGUIU O RITMO AGITADO DE NOSSOS CORAÇÕES! FOI UM DAQUELES MOMENTOS EM QUE TODAS AS FORÇAS DO UNIVERSO CONVERGEM PARA NOS LEVAR A UM TEMPO-ESPAÇO INFINITO, ONDE HABITA O SURREAL…O GUARDADOR DE CARROS VESTIA UMA CAPA LONGA DE CHUVA NUMA COR CREME.

Ver Informações